28 de abril: Dia da Educação

Todos sabemos da importância da educação para o desenvolvimento da sociedade em um país. A responsabilidade de educar em casa, através dos bons exemplos, em todos os momentos possíveis, diariamente, é algo ímpar na vida da criança.

As tecnologias mais sofisticadas e o sistema educacional mais perfeito jamais desenvolverão os recursos necessários para alicerçar os princípios que naturalmente e livremente são construídos de forma perfeita no ambiente nuclear da família.

A intensidade com que tudo é repassado e introjetado acelera padrões mentais e emocionais do bebê, da criança e do adolescente e produz rapidamente resultados internos semelhantes aos experienciados pelos antepassados, sejam positivos ou negativos. As condições humanas universais para estas trocas de informações entre as gerações não sofreu transformações e, dificilmente, isso acontecerá.

As forças ancestrais fundamentais são perpetuadas com uma única e ampla equação: pelo rastreio de informações e exemplos forjados através do amor, ferramenta que fortalece as estruturas internas daquele ser para poder trilhar a sua boa jornada.

Para tanto, as tradições familiares devem ser mantidas, o que são e o que significam?

São memórias felizes, simples, que guardamos de momentos, e acontecimentos e as buscamos inconscientemente como presentes da vida. Elas são a reunião, o agrupamento do que há de melhor em todas as gerações daquele núcleo, o que foi vivenciado de marcante e assim transmitido para a seguinte. Podem ser acionadas através de palavras chaves, sons, cheiros, símbolos. Cada célula familiar possui seu catálogo, seu dicionário, seus números, seus recursos específicos para fazer a busca.

A homeopatia é um instrumento que ajuda à maximizar e trazer à tona de forma mais clara estas memórias de acordo com o grau de importância e o estado de cada uma.

Um trabalho enquanto pais para a melhor educação dos filhos, é tentar definir claramente as melhores memórias, agrupá-las, classificá-las e hierarquizá-las. Para tanto, devemos nos conectar com estes arquivos genéticos, epigenéticos e espirituais, instrumentos que a natureza nos forneceu individualmente com objetivos definidos.

São uma linguagem, como que uma rede semântica, uma força motriz na vida de cada um que torna-se vantagem instantânea. Quando acessada conscientemente e integrada sensatamente, possibilitará resultados benéficos pessoais imediatos que se estenderão ao grupo familiar e ao meio externo.

Estas experiências ancestrais felizes sendo descobertas, sendo escolhidas e sendo vivenciadas, transformarão os padrões negativos associados ao passado. O contexto elementar e fundamental da realidade particular será alterado proporcionalmente à geração da memória, em todas as suas dimensões. Isso possibilitará à consciência alcançar patamares máximos onde sua potência e força serão aumentados, para assim continuar a desempenhar sua missão.

Professora Eliete MM Fagundes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *