21 de junho – Início do inverno

O início do inverno é tempo importante para cada um avaliar como está sua resistência emocional.

Por quê?

Porque me digas como está teu emocional, que te direi como está tua resistência à gripes, resfriados, alergias respiratórias!

Sim, a saúde dos pulmões é o reflexo direto do quanto se está, em determinados momentos da semana, mês, ano, vulnerável às intempéries afetivas ou morais-afetivas.

Existe uma gama de personalidades mais susceptíveis às críticas, opiniões, influências, experiências emocionais; Outras são mais vulneráveis às situações morais e não necessariamente impactam o seu emocional; já outras não se abalam com nada neste sentido porque conseguem ter harmonia para discernir e resolver os problemas com tranquilidade. Outras ainda não entram em contato direto com estas experiências porque mascaram e enganam a si mesmas. Ainda há aquelas que são totalmente indiferentes, ou seja, possuem frieza característica que não deixam fatos externos ou internos exercerem ação psicológica.

Neste caso em específico em relação às doenças tipicamente respiratórias, estou me referindo àquelas personalidades cujos problemas afetivos ou morais-afetivos possuem poder de interferência muito grande sobre sua vida. Se deixam abater facilmente e quanto mais fragilizados, mais são dominados pela situação, lhes causando grandes sofrimentos, chegando a causar mudanças físicas e intelectuais.

Em homeopatia, o terapeuta precisa identificar claramente estas peculiaridades para poder começar trabalho que vise, em primeiro lugar, em fortalecer o indivíduo nestes aspectos. Cada um com seu grau, com suas particularidades, com suas predisposições e seu tempo. Todos os aspectos devem ser investigados em seu conjunto para chegar ao melhor resultado possível e no menor prazo.

Dica importante é também avaliar sobre o quanto o frio e vento frio lhes causa danos ou desconforto e como, quando, onde se agrava? Qual é a frequência anual de gripes, resfriados, alergias respiratórias que normalmente se agravam no outono e se perpetuam até o verão? Casos de problemas crônicos como rinite, sinusite, laringite e pneumonia são mais agravados, precisa redobrar a atenção e o tratamento sempre deve visar o fortalecimento e a limpeza do sistema respiratório.

A revisão das causas ambientais que agravam a recorrência dos surtos também é de vital importância. Por isso, o Homeopata deve ficar atento a todo o histórico de vida da pessoa, pois se é suscetível e frequenta ambiente físico desfavorável, há a potencialização do adoecimento. Neste caso, mesmo a pessoa estando relativamente saudável, porque o seu grau de predisposição não foi  harmonizado com Homeopatia, ela tende a frequentes recaídas. Ar condicionado ou ventiladores diariamente, exposição a grande tráfego de automóveis, ambientes com pouca ventilação, ser “fumante passivo”, odores fortes de produtos químicos ou perfumes, se agasalhar inadequadamente, sentir frio durante o sono, etc.: estas são causas comuns que desencadeiam as crises quando o emocional e o corpo físico estão mais fragilizados.

Se houve a identificação com estas características citadas acima, duas Homeopatias de efeito geral irão fortalecê-lo, estando gripado, etc ou não.

Calcarea phosphorica CH5- 2 gotas em um gole de água, 2 vezes ao dia, por 25 dias.

Pulmão CH 5- 2 gotas em um gole de água, 2 vezes ao dia, por 25 dias.

Crianças, quanto menor a idade, menos tempo de uso, até 12 anos, 10 dias.

OBS: essa indicação não dispensa a avaliação de um Terapeuta Homeopata para a sequencia correta do tratamento.

Professora Eliete MM Fagundes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.