20 de outubro – DIA MUNDIAL DA OSTEOPOROSE

Cada pessoa tem uma constituição celular óssea diferente. Em alguns, essa constituição é extremamente forte, rígida e bem estruturada. Já outras pessoas possuem o oposto: ossos mais frágeis e finos, com maior tendência a fraturas.
Porém, independentemente dessa formação individual, precisamos pensar sempre, em termos de tratamento, em fortalecer as estruturas do indivíduo através do aumento geral da sua resistência.
A alimentação é fator primordial para esse fim e aqui lembremos especialmente dos refrigerantes consumidos na infância. A grande maioria deles possui ácido fosfórico, que é o maior ladrão de cálcio de nossos ossos.
Portanto, se a pessoa já possui predisposição para doenças ósseas em geral, a alimentação inadequada será um grande acelerador de diversos problemas, de simples a altamente complexos.
Se você bebe refrigerantes e quer diminuir o consumo ou se seus ossos já possuem algum tipo de problema relacionado à perda de massa ou algum outro, poderá tomar:
PRIMEIRO MÊS
Phosphoric acidum CH5 – 2 gotas em um gole de água, 2 vezes ao dia, por 30 dias (adultos)
SEGUNDO MÊS
Phosphoric acidum CH6 – 2 gotas em um gole de água, 2 vezes ao dia, por 30 dias (adultos)
Obs: Para crianças a partir de 8 Anos, a duração do tratamento deve levar metade do tempo
E atenção! Essa indicação é apenas um “ponta pé” inicial para um tratamento que deve ter o acompanhamento de um terapeuta homeopata, para que possa ser avaliada a necessidade de aumentar as dinamizações e a indicação de outros remédios para cada caso em especial.
Prof. Eliete M M Fagundes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.