15 de março : Dia do consumidor

A HOMEOPATIA E O CONSUMISMO

Ser consumidor consciente é um dos grandes desafios do nosso século. Rapidamente, sem percebermos entramos na era industrial no Brasil nos últimos 50 anos  e, já nos anos 90, já estávamos imersos na era super consumista.

Essa explosão de consumismo moldou nossa forma de relacionamento na economia, na politica e no social de forma desenfreada. Os bens que não tivemos acesso enquanto geração da década de 60, 70 e 80, fizemos o possível e o impossível para comprar e proporcionar a nossos filhos a sensação de “tê-los”. Com esse padrão psicológico ,  tornamos-nos consumidores compulsivos.
Tudo isso associado ao desenvolvimento tecnológico deixou a todos sem fôlego porque correr atrás das últimas tendências tornou-se regra. Abusamos e acumulamos tudo o que foi possível, com a imensa dificuldade de discernir se o que comprávamos era realmente necessário. Dessa forma, contribuímos para o rápido esgotamento das reservas naturais, acelerando todo este processo adoecido que vivenciamos hoje, tanto no aspecto climático quanto no social.
Temos muitas peculiaridades em nosso país. Todos temos certas predisposições e o brasileiro tem suas características curiosas. Algo que observo muito é a peculiaridade de boa parte da população ter facilidade em “afogar suas mágoas” nos shoppings. Se aborreceu com a mãe, pai, o marido, esposa, namorado (a), sogra (o), no trabalho, etc.. vai dar uma volta nas lojas. E dependendo da pessoa, vai comprando compulsivamente, inconscientemente para tentar reequilibrar seu emocional abalado. Para distrair-se do problema vai comer doces, vai ao cinema, etc. 

Moderadamente é saudável, mas, dependendo da pessoa, o hábito se transforma em patologia ao longo do tempo. A homeopatia ajuda a cuidarmos das emoções, a termos mais controle sobre nossas ações. Poderemos ser consumidores conscientes e isso é o ideal totalmente possível.

Professora Eliete MM Fagundes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *