07 de abril – Dia Mundial da Saúde

 

Neste dia destacamos a homeopatia, tendo aportado no Brasil em 1830. Nessa ocasião, não foi acolhida pela Academia Imperial de Medicina, por descrença nos seus métodos. Os médicos estrangeiros passaram a ensiná-lo para o povo, estabelecendo a tradição dos práticos e terapeutas da época. Essa realidade se manteve até 1980, quando o Conselho Federal de Medicina transformou a homeopatia em especialidade da medicina alopática.

Muitos são os embates para transformar a homeopatia em ciência alopática pura, descaracterizando sua peculiaridade informacional frequencial e natural por essência, pois não se baseia em diagnósticos técnicos e específicos para sua aplicação e uso. Inclusive, temos documento da ANVISA que autoriza as homeopatias de livre compra em nosso país, como pode-se aferir junto às farmácias homeopáticas de todo o Brasil.
Os terapeutas homeopatas há séculos sempre trabalharam em vários rincões do território brasileiro, levando esse bálsamo aos mais carentes, distantes do modelo de medicina praticada no país. Fica a ressalva, não estamos evocando separação ou junção de atividades, apenas suscitamos o respeito para que as atividades relacionadas à homeopatia se pacifiquem no Brasil.

O texto da estratégia da OMS prevê a proteção, dentre outras prerrogativas, das atividades que contemplem a homeopatia como medicina natural pelo mundo. Ações na justiça, bloqueio de projetos de lei regularizando profissionais em terapias naturais de comissões do legislativo. Matérias falsas, prisões e outras arbitrariedades vem sendo promovidas com o passar dos tempos em nosso país. E, ao final, os únicos a perder são as pessoas, ao escolher as medicinas tradicionais, ancestrais como forma de opção de acesso à saúde neste país.

Diante desse quadro, o Curso de Ciência da Homeopatia vem na presença de todos, mais uma vez, expor à situação das medicinas tradicionais, em especial a homeopatia, que tem sido alvo de manifestação expressa em favor de manutenção da tradição evocada, para que os Terapeutas Homeopatas possam ter respeitadas suas atividades e labor secular frente a pressão de reserva de mercado feita por alguns setores da saúde brasileira.

Prof. Eliete MM Fagundes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.