02 de julho: dia do hospital

Tenho muitos sonhos

Tenho tantos sonhos que às vezes me é difícil acordar

Tantos sonhos tão sonhadores que às vezes não vejo a realidade

Tenho sonhos palpáveis, sonhos distantes

sonhos grandiosos e sonhos pequenos, sonhos…….

Aqueles sonhos que me ajudam a ter esperanças do amanhã

Aqueles sonhos que me despertam constantemente à noite

Aqueles sonhos que me acalentam o coração e a alma dolorida

sonhos que ajudam a derreter a congelante indiferença da realidade

sonhos que me dão forças de ainda sonhar

Qual é o limite destes sonhos?

O mesmo que delimita a imensidão do céu com o oceano azul

Ah!!! Tentarei costurar estas duas pontas

Na realidade de meu próximo sonho

Para assim sonhar menos em meus sonhos sem medidas

Preciso dar tempo ao meu coração

Preciso estancar as lágrimas de tristeza

Preciso discernir o sonho da realidade

Preciso parar de viver como em um sonho

Preciso aprender a suspirar fora de meus sonhos

Qual é um dos meus Sonhos dos sonhos?

Que cada hospital, clínica, UPA, posto, comunidade

Ofereçam o uso das gotinhas que me fazem sonhar

Quanto mais pessoas entrarem neste sonho com lucidez

Mais forças ele terá para sair da dimensão dos sonhos

Que felicidade! Sonho e realidade no mesmo universo

 

Professora Eliete MM Fagundes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *