15 de outubro: dia do professor

SOBRE A NOSSA MISSÃO COMO PROFESSORES DE HOMEOPATIA

Cada um de nós tem seus nuances de personalidade, seus traços específicos de caráter e ser professor de homeopatia é ser multiprofissional. Para ser um cuidador da saúde, é preciso saber “linkar” mundos muito distintos e trazer à luz o lado menos bonito de cada um que está buscando aprender mais sobre si. Nossa tarefa é gigantesca! Todos temos defeitos e qualidades, porém, estudamos a nós mesmos e ensinamos também aos outros como lapidar-se e harmonizar com homeopatia os extremos adoecidos.

A cada hora investida no preparo das aulas, é importante que sejam bem direcionadas a aspectos do conteúdo que realmente importam ser reforçados, sempre pensando em nosso crescimento pessoal. Focar no que estamos com mais dificuldade. Estes temas são os que nos levam a reagir positivamente para encontrar melhores soluções de aprendizado, já que ainda não nos está claro. Esperar que, por sermos boas pessoas seremos iluminados na exata hora da aula, não é a melhor estratégia para todos. Para a grande maioria de nós, é a dedicação incansável à pesquisa e ao estudo que nos garante o acesso as inúmeras dimensões do conhecimento universal.
Para sermos professores de destaque, trabalhemos com afinco preparando as aulas, isso chama-se trabalhar com propósito, lealdade a homeopatia e, principalmente, trabalhar com ética. Quando pensamos que sabemos tudo é porque já estamos perdidos não só no tema, mas no lado menos saudável da sicose: tenhamos receios deste tipo de pessoa. Quando estamos entusiasmados, apaixonados pelo que fazemos, ensinamos o outro a adquirir a verdadeira experiência que está além dos livros.
Para termos a oportunidade de realmente fazermos a diferença em sala de aula, precisamos incitar nos alunos a vontade de aprender mais. Jamais devemos privá-los do acesso ao melhor aprendizado, porque eles, com suas percepções, percebem esta intenção, mesmo que inconscientemente. A chave do sucesso na homeopatia está na repetição, no insistir em aprender os nomes dos remédios, nos keynotes das personalidades, nas repertorizações, etc.

Como pessoas inteligentes e experientes, temos total liberdade e oportunidade ímpar de, durante a aula, repassar os conhecimentos essenciais de Hahnemann para que nossos alunos façam a diferença. Aparentemente, este trabalho pode não estar lhe trazendo tantos benefícios como esperava de forma pessoal, mas trabalhamos para que nossos alunos possam levar benefícios para outras pessoas, para suas famílias, comunidades, para o Brasil.
Nosso trabalho é duro e em silêncio, porém, está fazendo barulho em vários setores. Se não estivéssemos produzindo frutos saudáveis, não estaríamos sendo tão perseguidos até este momento.

Se dermos motivos negativos, como liberando pessoas que terão resultados ruins em seus atendimentos, se ficarmos com medo das pressões, tiraremos de nós o espaço mental para sonharmos com a disseminação da saúde pelo tratamento dos semelhantes. O objetivo pelo qual tentam nos incriminar para que o crédito na homeopatia seja abalado é uma tentativa de que assim não possamos torná-la realidade na vida de nosso povo. Portanto, mudando e direcionando nossos pensamentos para o trabalho dedicado verdadeiramente à homeopatia, teremos os resultados elevados na “cinquentamilesimal”. Teremos a comprovação de nosso esforço pela constatação da maior produtividade e melhor qualidade no atendimento dos alunos enquanto homeopatas éticos.

Esta tarefa que desempenhamos inclui a formação não só de excelentes profissionais, mas também de indivíduos que sabem tramitar entre as esferas do relacionamento com as outras pessoas por dominarem os 5 grandes grupos de tipos de personalidades. Desta forma, pelo amor aos princípios Hahnemanniannos, preservaremos esta ciência maravilhosa. Pela dedicação aos ensinamentos da arte de encontrar a harmonização para tantos sofrimentos e misérias dos seres humanos; também ajudaremos a diminuir as ameaças destrutivas contra o planeta terra.

Gratidão a todos pela dedicação e esforço ao ensino da Ciência da Homeopatia.

Prof. Eliete M M Fagundes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *